09 maio 2013

Série Lua de Mel: Morro de São Paulo (Ilha de Tinharé) - Bahia

Hoje lembrei dessa série que eu escrevia sobre Lua de Mel. Como tenho viajado para alguns lugares, resolvi voltar a escrever essa série começando pelos lugares onde já visitei, não foram muitos mas dá pra ajudar quem também quer conhecer mais desse nosso Brasil que tem lugares lindos!
A série é voltada para Lua de Mel devido ao público alvo do blog, mas claro que pode ser uma dica para quem quer viajar também mas não de lua de mel. Apesar que eu e o marido toda vez que viajamos parecemos estar em lua de mel. hahaha
Vou começar falando sobre um lugar lindo que fomos em julho do ano passado, Morro de São Paulo-BA.
Para chegar em Morro de São Paulo só tem 3 lugares: duas pistas de pouso de táxi-aéreo e o porto, que é o mais procurado. Chegando no porto, você já vê um monumento de mais de 300 anos - o Portaló. Esse pórtico faz parte do Forte de Morro de São Paulo, construído para conter as invasões holandesas, lá no século XVII.



Nós fomos pelo porto, 2 horas de Salvador até lá. Na ida até que não senti enjoo, mas na volta pegamos um catamarã que balança DEMAIS!
 

Bom, depois que pegar suas malas você passa pelo Portaló e paga a taxa de turismo. Depois sobe uma ladeira, a pé é claro, já que no Morro não tem carros - a não ser carrinho de mão, caso você queira, é só pagar e eles te carregam - e chega na praça Aureliano Lima, a pracinha central.
Quando fomos, acho que eles estavam cobrando 10 reais para carregar a mala grande e 7 a pequena, não lembro direito. Essas malas da foto nem sei de quem era kkkkkkkkk' estava esperando o marido buscar as nossas e aproveitei para fotografar tudo, inclusive os táxis ehuehehe

Não tem como se perder, só tem uma rua, cheia de lojas e restaurantes que vai te levar até a praia onde começam os hotéis e pousadas.



As praias:
"A Primeira Praia é minúscula. São só trezentos metros. Algumas casas de veraneiro, algumas pousadas, umas agências. A praia é a única da ilha com um pouco de ondas. O fundo é de areia, num declive suave mas contínuo. Nas duas laterais há paredes de coral. É o cenário perfeito para vários esportes: natação, mergulho livre, mergulho com cilindro, banana-boat, e uma coisa inusitada: a maior tiroleza do Brasil, que acaba dentro d´água."
Não gostei de tomar banho nela, tinha muita gente jogando bola na beira da água.





"A Segunda Praia é o lugar mais agitado, seja de dia ou de noite. Essa praia nunca pára. É o lugar de tomar banho de sol, jogar frescobol, vôlei, deitar de barriga pra cima nas piscinas naturais. À noite é o lugar do luau, dos inúmeros bares, danceterias, restaurantes. A praia toda têm só quatrocentos metros, e é cercada de arrecifes de coral, ou seja, nunca tem ondas. No final dela está a Ilha da Saudade - que é ilha só na maré bem alta - um dos cartões portais de Morro de Sao Paulo."
Gostei de tomar banho nela, apesar de que para cobrir o corpo de água, tem que ficar deitada pois é uma piscina natural bem rasa que se forma.












A Terceira Praia: "No começo tem um muro enorme e é bem urbanizada. Na segunda metade já não tem nada, só um ou outro hotel e uma das pistas de pouso. É dessa praia que saem os passeios para as demais ilhas. Também tem bastante coral, embora o meio da praia seja de fundo de areia, permitindo a entrada de todo tipo de embarcações. É maior que as praias anteriores, com uns 800 metros."
Não gostei muito de tomar banho nela.



A Quarta Praia "tem mais de quatro quilômetros e quase nenhum movimento. Claro, bem no começo dela até junta uma galerinha no meio do verão, que fica curtindo as piscinas naturais. Mas isso é só nos primeiros 200 metros. Depois é uma praia super tranqüila, com alguns hotéis e pousadas e muitos, muitos coqueiros. Quer dizer que quem ficar hospedado nessa praia vai ter que caminhar "tudo isso" de volta até a vila? Não. Atrás da Segunda Praia começa uma estrada que segue paralela à Terceira e à Quarta Praia. Nessa estrada que andam os únicos veículos da ilha. São tratores, jipes e alguns furgões, cada um de um hotel. Antigamente esses tratores andavam pela praia, mas hoje isso é proibido. É também por esta estrada que se chega na segunda pista de pouso, depois da Quarta Praia."

Quando a maré desce - ela retorna para perto do hotel por volta das 15h.
Arco-íris no final do dia


Ficamos nessa praia, no Hotel Karapitangui.





Vista da varanda do quarto que nós ficamos


Ficamos nesse casarão lindo




Mas, além do casarão (que só tem dois quartos), tem vários bangalôs também.

uma parte da área do restaurante, a pizza de lá é muuuito gostosa!




Achamos TUDO maravilhoso! A praia é ótima pra tomar banho e super tranquila, além de na parte da manhã ela formar piscinas naturais quando a maré baixa. Não tem como tomar banho na praia de manhã, a maré desce e nós nem conseguimos chegar na praia, INCRÍVEL!
Todas as praias tem água morna, entretanto, as pousadas da 2ª praia são mais simples e menores do que na quarta praia.
Os hotéis da quarta praia levam os hóspedes para as outras praias e buscam também. Eles tem um quadro de horários para esse trajeto, é muito cômodo, levam até à noite.

Praia do Encanto
"Acabou? Não. Tem ainda uma "quinta" praia, mas ela se chama Praia do Encanto. Se a Quarta já era tranquila, essa sim, é deserta. Tem alguns hotéis, piscinas naturais, e termina num imenso manguezal, a Ponta Panã. Aqui acaba aquilo que se conhece por Morro de São Paulo, mas a ilha de Tinharé (é, o nome da ilha não é Morro de São Paulo) ainda continua."



Dicas imperdíveis de Morro de São Paulo

Prainha do Forte: Além das praias mais conhecidas Morro de São Paulo guarda outras preciosidades como a Prainha do Forte, que fica no final das ruínas da Fortaleza e aparece na maré baixa. Frequentada mais pelos moradores é um lugar sossegado e perfeito para relaxar dentro das piscinas naturais.

Andar de caiaque: Alugue um caiaque e se aventure pelas águas da Terceira Praia, próximo a Ilha do Caitá e se quiser ou tiver fôlego siga até a Primeira e Segunda Praia. Com o mar calmo, além de um exercício, é ótimo para conferir a paisagem.

Mergulhar: Em toda as praias de Morro de São Paulo você pode mergulhar com apenas com máscara e snorkel. Em algumas é melhor quando a maré está baixa, próximo dos arrecifes. As piscinas naturais do início da Quarta Praia são um ótimo ponto para iniciantes.

Conhecer a história de Morro de São Paulo: Além da Igreja e do Forte, Morro de São Paulo também mostra sua importância histórica pela Fonte Grande - foi o mais avançado sistema de tratamento de água do Brasil colonial, o Farol – guia os navegadores desde 1855 e o Casarão, construído em 1608 e abrigou ninguém menos que D. Pedro II e a Marquesa de Santos.

Pôr do sol no Forte: Além da prainha e da importância histórica, o Forte de Morrro de São Paulo é o cenário perfeito para curtir o final do dia - o pôr do sol e se você tiver sorte os golfinhos!

As baladas: Morro de São Paulo é mundialmente conhecido pelas belas paisagens, mas também é sinônimo de festas. De segunda a domingo tem uma festa para você curtir, seja na beira da praia ou dentro das casas noturnas. O ritmo frenético vai até o amanhecer!

Visitar Garapuá: Isolada das demais praias de Morro de São Paulo, Garapuá é a única praia da ilha que apresenta o fundo totalmente de areia. Tem um pequeno povoado pitoresco que recebe muito bem seus visitantes.

Moreré e Bainema: De dezembro a março acontece um passeio que visita as praias de Moreré e Bainema, as mais bonitas da ilha de Boipeba. Além disso visita as piscinas naturais de Moreré, ótimo ponto para mergulho livre e ver centenas de peixinhos.

Observar as baleias jubarte: De julho a outubro as baleias Jubarte permanecem no litoral de Morro de São Paulo e se pode avistar mãe e filhotes bem próximos da costa. Há uma agência especializada nesse tipo de passeio, chamado de "whale watching", que é uma experiência inesquecível!


Fizemos um passeio chamado Volta à Ilha, foi muuuuito bom! Clique aqui e veja sobre esse passeio. Vale muito à pena, vimos até golfinhos - até chorei de emoção! kkkk
Tem também o city tour pela cidade, nem precisa de guia. Eu e o marido "fuçamos" todo o vilarejo. heehuee
Lembre-se de passar muito protetor solar, câmera fotográfica, óculos de sol, chapéu/boné... o sol lá é muuuito forte dependendo do período que você vai.

Piscinas naturais em Moreré - PERFEITO!

Golfinhos passando perto da lancha, pena que o marido só conseguiu tirar essa foto.
Piscinas naturais de Moreré

Outra ilha que paramos para almoçar (esqueci o nome da ilha)

Foram esses os passeios que fizemos

Parada para os apreciadores de ostras


Se não me engano, essa é a ultima ilha que paramos, Cairú.



Voltando para o porto do Morro

Pôr do sol em Morro de São Paulo


Fonte das informações que estão entre aspas: http://morrodesaopaulo.net/

Espero que tenham gostado da dica! :)

beijinhos
;*

3 comentários:

Shirlene e Eliseu disse...

Que lindo, quem sabe um dia consigo ir nesse lugar!!! Beijos!!

Glaucia ♥ Cadu disse...

Quero muito ir em morro de São Paulo eu e meu marido estamos planejando isso.

bjs!!

www.diariodeumabride.blogspot.com

Thais disse...

Lindo... O hotel era bom???